AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier







Vale o Clique


Nas pegadas do Mestre Jesus-Ir. Lourival


Portas abertas




Um papel de embrulho que dizia "Bem-aventurados os que choram"

Ir em baixo

Um papel de embrulho que dizia "Bem-aventurados os que choram"

Mensagem por Admin em Seg Jun 04, 2018 10:58 am



Um papel de embrulho pode mudar sua vida totalmente. Foi isso o que Ridley Hayim Herschell experimentou pessoalmente.


Hayim nasceu em 1807 em Poznan (Polônia) e passou por uma educação judia estritamente ortodoxa. Quando ele tinha apenas catorze anos de idade, ele começou seus estudos para se tornar um rabino. Ele estudou as Escrituras muito a sério e com o maior respeito. Com medo e, tremendo por justiça, ele se esgotou em oração e penitência, e passou noites sem dormir estudando o Talmude. Ele também memorizou capítulos inteiros do Tanakh.

Um amigo polonês trouxe uma mudança ao seu zelo religioso, desafiando-o a ampliar sua perspectiva. Com a mesma diligência, dedicou-se ao estudo da língua alemã e da literatura secular. Cada vez mais, ele se amoldava de acordo com os costumes de seus colegas não judeus. Somente quando, nas ruas, as pessoas o chamavam de “judeu”, ele era lembrado de suas raízes.

Bem-aventurados os que choram

A morte de sua amada mãe foi um golpe devastador para ele. Submergido no maior sofrimento, sua consciência acordou e ele decidiu jejuar um dia por semana e repetir muitas orações. Isso não acalmou sua consciência culpada e, com desespero, ele gritou: “Ó D-us! Não tenho ninguém para me ajudar e não me atrevo a me aproximar do Senhor. Eu sou culpado! Ajude-me, por amor de meu pai, Abraão. Tenha piedade de mim!” Deus não respondeu sua oração imediatamente, mas sim os seus alegres companheiros. Seu conselho foi: “Vá ao teatro, procure entretenimento e muita distração”. Lá, sua alma não encontrou a paz, porém, Deus não o deixou ir.

Uma manhã ele foi a uma loja. Lá, eles costumavam empacotar seus itens em pedaços de jornal ou na página de um livro antigo. Sua compra foi embrulhada em uma página da Bíblia e, em seu caminho para casa, seus olhos perceberam as palavras: “Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.” Mateus 5:4. Ele continuou a ler o Sermão da Montanha.

Impressionado pelo Messias

Esta página da Bíblia realmente capturou sua atenção. De qual livro foi rasgada esta página? Ele não fazia ideia. Poucos dias depois, na casa de um conhecido, viu um livro sobre a mesa. Ele o abriu e leu: “Bem-aventurados os que choram…” Era um Novo Testamento, um “livro gentio”! No entanto, ele conseguiu superar sua aversão, e lê-lo de capa a capa. Gradualmente, ficou profundamente impressionado com a pessoa de Yeshua haMashiach (Jesus Cristo). Ele foi levado às lágrimas quando ele leu sobre a crucificação, embora na época, ele não compreendesse o que isso significava.

As conversas com o Reverendo Henry Calbone Ridley abriram-lhe os olhos. Ele entendeu que, naquela cruz, Yeshua também havia carregado os seus pecados. Em 14 de abril de 1830, Herschell foi batizado. Em gratidão, ele tomou o nome de Ridley.

Herschell morreu bastante jovem, mas usou efetivamente os anos que Deus lhe deu. Através da sua pregação, muitos encontraram o Messias.
https://www.jewishtestimonies.com/pt/ridley-hayim-herschell-bem-aventurados-os-que-choram-1807-1864/

Admin
Admin

Mensagens : 3390
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum