AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier







Vale o Clique


Nas pegadas do Mestre Jesus-Ir. Lourival


Portas abertas




Palavra do Jovem: Habacuque 3 ("E o resplendor se fez como a luz, raios brilhantes saíam da sua mão, e ali estava o esconderijo da sua força")

Ir em baixo

Palavra do Jovem: Habacuque 3 ("E o resplendor se fez como a luz, raios brilhantes saíam da sua mão, e ali estava o esconderijo da sua força")

Mensagem por Admin em Sab Ago 27, 2016 7:25 pm





Palavra - Habacuque 3:3,4



Deus veio de Temã, e do monte de Parã o Santo (Selá). A sua glória cobriu os céus, e a terra encheu-se do seu louvor. E o resplendor se fez como a luz, raios brilhantes saíam da sua mão, e ali estava o esconderijo da sua força.”

Ano entre 640 a 597 a.C.

Uma oração composta pelo poeta Espírito Santo.

O “socorro” de Deus viria por meio de um grande império, que tomaria para si a nação amada de Deus, sabe-se que a situação espiritual foi prejudicada pelos corações rebeldes. Nas mãos da opressão estrangeira, lembrariam que um dia estiveram nas mãos de um Deus piedoso, que Habacuque louva com devoção.

O profeta clama “aviva, ó Senhor”, “lembra-te da misericórdia” (Hab 3:2), seus olhos observam a má conduta dos judeus, qual é o meio que Deus usará para controlar os perversos? Entregando-os a um povo ainda mais perverso, dessa maneira o governador de todas as coisas controlaria seu povo. O profeta parece na forma como escreve, “desafiar” o Senhor procurando o motivo pela qual ele ainda não havia feito algo sobre a situação.

Mas como é o Espírito de Deus que fala, o profeta pergunta e responde a si mesmo, através de uma fantástica manifestação divina, Temã indica a capital-fortaleza de Edom, um território não muito longe do Monte Sinai onde a Lei foi dada. Se nos primeiros versículos os apreciadores encontram um profeta que clama “até quando, Senhor, clamarei por socorro, sem que tu ouças? Até quando gritarei a ti: "violência! " sem que tragas salvação? (Hab 1:2 ), nessa esplêndida poesia espiritual somos comovidos pela oração que ele encerra satisfeito em fé, “me alegrarei no Deus da minha salvação. o Senhor Soberano é a minha força” (Hab 3:19).

Os mesmos olhos que observavam a decadente situação, na sua oração, “enxerga” a glória de Deus cobrindo os céus, a terra enchendo-se do seu louvor, sim o castigo estava se aproximando, acompanhado de uma vitória futura, são as ordens do Deus que habita no seu santo templo (Hab 2:20). Assim como um povo cruel seria enviado para punir os infiéis judeus, o mesmo povo cruel seria derrubado pelo decreto divino enquanto a promessa seria conservada, Deus “destrona reis e os estabelece” (Daniel 2:21 ).

Jovem, medite um instante, “e o resplendor se fez como a luz, raios brilhantes saíam da sua mão, e ali estava o esconderijo da sua força”, o profeta estava alegre no Deus do qual vem a salvação, desejoso estava de ver seu povo sendo salvo, alguma dúvida de que viu Jesus Cristo o Filho pelo qual Deus confirma a redenção? Ele faz todas essas coisas, ele fez nascer a salvação, ao força do Senhor estava com o Filho, aquele que esteve escondido, sendo revelado a seu tempo, a luz, o resplendor da sua glória (Hebreus 1:3).

O maravilhoso Deus de Habacuque, é o mesmo Deus da igreja, de toda maneira justo, sempre disposto a intervir, servindo com amor os que o amam de coração e creem no Filho tão amado.

Deus seja louvado.

Admin
Admin

Mensagens : 3401
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum